Criminoso morre após pastor orar para impedir assalto

Um homem de 23 anos morreu, durante um assalto, em Ribeirão das Neves, perto de Belo Horizonte. Ele teve um mal súbito e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML).

O homem tentou roubar os celulares de um grupo de fiéis da Igreja Ministerial Deus é Bom, que estavam acampados em uma área de mata para um retiro de jejum e oração.

Ele chegou com um comparsa, ambos armados com revólveres falsos, anunciou o assalto e pediu para que todos entregassem os celulares. No entanto, quando o pastor que estava dentro de uma das barracas saiu, ele começou a orar e pedir para que os criminosos não fizessem isso.

Em seguida, segundo a Polícia Militar (PM), um dos suspeitos caiu no chão em virtude de um mal súbito. O outro homem, armado de facão, ainda tentou continuar o roubo, mas acabou fugindo sem levar nada.

Além da PM, o Corpo de Bombeiros também foi acionado, todavia, não houve tempo para salvar o suspeito, cujo corpo foi encaminhado para o necrotério sem sinais de violência. O caso aconteceu no último sábado (05).


Um homem de 23 anos morreu, durante um assalto, em Ribeirão das Neves, perto de Belo Horizonte. Ele teve um mal súbito e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML).

O homem tentou roubar os celulares de um grupo de fiéis da Igreja Ministerial Deus é Bom, que estavam acampados em uma área de mata para um retiro de jejum e oração.

Ele chegou com um comparsa, ambos armados com revólveres falsos, anunciou o assalto e pediu para que todos entregassem os celulares. No entanto, quando o pastor que estava dentro de uma das barracas saiu, ele começou a orar e pedir para que os criminosos não fizessem isso.

Em seguida, segundo a Polícia Militar (PM), um dos suspeitos caiu no chão em virtude de um mal súbito. O outro homem, armado de facão, ainda tentou continuar o roubo, mas acabou fugindo sem levar nada.

Além da PM, o Corpo de Bombeiros também foi acionado, todavia, não houve tempo para salvar o suspeito, cujo corpo foi encaminhado para o necrotério sem sinais de violência. O caso aconteceu no último sábado (05).

As informações são do UOL.

(Fonte: obemdito.com.br)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*