Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão em investigação sobre fraude a licitações em municípios do Paraná

Nesta manhã (14/10), o Ministério Público do Paraná, através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria), deflagrou a Operação Networking. A força-tarefa investiga organização criminosa responsável por fraudar procedimentos licitatórios em diversos municípios do estado.

Foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão em empresas, residências e gabinetes de órgãos públicos, sendo apreendidos documentos, computadores e aparelhos celulares que serão analisados para possível comprovação dos fatos criminosos.

Umuarama News entrou em contato com as prefeituras de Umuarama, Pérola e Cruzeiro do Oeste, que esclareceram, que não foram alvos da operação, entretando os alvos foram, escritórios de empresas e residências. Tentamos contatos com as outras prefeituras, mas até o momento não tivemos retorno.

O portal também entrou em contato com o MPPR que respondeu por meio de nota que segue abaixo na íntegra:

‘Operação Networking – Esclarecimento

A respeito da Operação Networking, deflagrada na manhã de hoje (14), esclarecemos que nem todos os mandados foram cumpridos em Prefeituras e órgãos públicos dos 11 municípios citados. Em alguns desses municípios, os alvos dos mandados foram escritórios de empresas ou residências. ’

(Fonte: umuaramanews.com.br)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*