DUPLA É SUSPEITA DE DAR GOLPES NO COMÉRCIO DE MARINGÁ

Dois homens foram presos, suspeitos de tentar aplicar um golpe em uma loja de móveis e eletrodomésticos, na noite de segunda-feira em Maringá. A dupla usava nomes de outras pessoas para fazer compras a crédito e fugia com as mercadorias.
Segundo o delegado Paulo Cezar da Silva, da Delegacia de Estelionatos de Maringá, o gerente da loja, que fica na Avenida Tuiuti, desconfiou da dupla, que queria comprar dois laptops por volta das 21h de anteontem, e chamou a polícia. Um dos homens, que se identificou como engenheiro civil Edmar Dias dos Santos, dizia que morava em Maringá há seis anos.
“Quando fomos verificar a situação dele, constatamos que esse Edmar morava em São Paulo, e havia acabado de pagar a última parcela de um financiamento”, diz o delegado.
Quando os policiais constataram que a documentação era falsa, o rapaz se apresentou como Chaudes Nunes dos Santos, 27 anos. No entanto, a polícia não obteve a confirmação da identidade dele.
O outro suspeito preso é Tales Henrique Macedo, 28. Com a dupla, os policiais apreenderam vários laptops, equipamentos de segurança (como câmeras), além de vários papéis dando mostra de falsificação de documentação.
De acordo com o delegado, há informações de que os dois teriam feito orçamentos para a compra de veículos novos. Alguns, inclusive, teriam sido adquiridos pela dupla, o que ainda não foi confirmado.
A polícia estima que os artigos aprendidos estejam avaliados em cerca de R$ 30 mil. “Os dois praticaram golpes, segundo a ótica da polícia. As pessoas que tiveram os nomes utilizados e as lojas ficariam no prejuízo financeiro”, afirma o delegado.
Os dois estão presos na carceragem da 9ª Subdivisão Policial (SDP), e a polícia segue investigando o caso. O delegado orienta as pessoas quando há suspeita de estelionato. “Qualquer dúvida, podem procurar a delegacia, que fica na Avenida Paraná. Na hora da suspeita, a gente pode até evitar um golpe”, explica. O telefone da Delegacia de Estelionatos de Maringá é (44) 3225-9333.

(Informações O Diario)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*