Oito integrantes do PCC morrem em confronto com a polícia na divisa com o Paraguai

Confronto entre GARRAS (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros), DP de Ponta Porã (MS) e membros de uma facção criminosa deixou pelo menos oito mortos na cidade sul-mato-grossense, que faz divisa com Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

A polícia recebeu informações de que bandidos do PCC estariam escondidos em uma residência da cidade e foi ao local. No local, oito homens receberam os policiais civis a tiros.

Além das oito mortes, a ação resultou ainda na apreensão de sete armas – dois fuzis e cinco pistolas, além de três carros, sendo que um deles é blindado. A polícia trabalha para identificar os mortos, pois alguns deles estariam usando documentos falsos.

Conforme informações policiais, há suspeitas de que a presença de criminosos na casa, em Ponta Porã, tenha relação com a tentativa de resgate de um brasileiro, integrante do PCC, na Delegacia de Pedro Juan Caballero, na noite de domingo (10).

(Fonte: umuaramanews.com.br)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*