Em prisão domiciliar, homem é preso com mais de 150 pedras de crack e porções de cocaína em Japurá

Na noite desse domingo (09), por volta das 20h40 a Central de Operações da 5ª CIPM recebeu uma denúncia anônima, relatando que uma pessoa de estatura mediana, moreno claro, com tatuagens, havia se mudado há poucos dias para a residência localizada na Rua José Mitugui Nihi, em Japurá, o qual, por sua conduta e atitudes, encontrava-se realizando o tráfico de entorpecentes, visto que o bairro, residencial e de moradores antigos, haviam percebido o aumento de usuários que se dirigiam ao domicílio em questão.

Diante de tais informações, a equipe ROTAM direcionou o patrulhamento no endereço a fim de coibir a atividade do tráfico, abordar suspeitos ou flagrar atitudes relacionadas à delação onde, por volta da 00h10, durante patrulhamento ostensivo na referida via foi flagrado a presença de um veículo VW/Voyage, de cor vermelha, parado em frente à residência denunciada, com motor ligado, cujo condutor mantinha contato com uma pessoa de camiseta com listas vermelhas, onde, ao perceberam a aproximação da equipe o veículo empreendeu fuga, ao mesmo tempo que o suspeito entrou rapidamente à residência alvo das informações, não sendo possível a abordagem do automóvel.

Em ato contínuo, foi realizado contato com os moradores da residência e as equipes recebidas pela proprietária do imóvel, que confirmou residir com seu filho e seu convivente, alvo da denúncia, também presente. Ao ser informada sobre a série de denúncias que recaem sobre o autor e sobre seu domicílio, sem qualquer tipo de coação, autorizou à equipe policial a acessar, entrar e permanecer em sua residência para realizar qualquer tipo de buscas ou averiguações.

Desta forma, enquanto parte dos policiais averiguavam a residência, foi percebido que havia um caminho batido no terreno ao lado da casa, e se dirigiam aos fundos da data e, ao lado de uma viga baldrame nos fundos do terreno, foi encontrado uma sacola de cor branca em meio a vegetação que tinha em seu interior 151 pedras de crack, embaladas em papel alumínio e prontas para a comercialização, além de uma pedra maior, ainda em estado bruto, que pesou 7g, que poderia render, depois de fracionada, aproximadamente outras 50 pedras, além de outras nove porções de cocaína, pesando 6g, armazenadas com três lâminas de barbear, usadas para o fracionamento das drogas.

Depois da localização das drogas o morador, de 37 anos, assumiu os entorpecentes como de sua propriedade, alegando que não poderia trabalhar devido sua prisão domiciliar, sendo assim foi também apreendido seu aparelho celular de uso pessoal pois pode conter informações relacionadas à prática do delito em questão, junto também de sua carteira com seus documentos pessoais e certa quantia em dinheiro, em notas trocadas, fruto do tráfico pois, conforme assumiu, não tem renda fixa ou comprobatória.

Diante dos fatos, o homem recebeu voz de prisão e, junto com o material apreendido, foi encaminhado à 21ª SDP de Cianorte demais providências cabíveis.

(Fonte – Polícia Militar)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*