ORIENTAÇÃO SOBRE GOLPES DE COMPRA E VENDA DE VEÍCULOS PELA INTERNET

Nos últimos dias, o 25°BPM atendeu algumas ocorrências de Estelionato (fraude praticada em que o autor induz alguém a uma falsa concepção, aquisição ou compra de algo, com o intuito de obter vantagem ilícita para si ou para outros).

Algumas vítimas caíram no golpe do Depósito em Cheque para a venda de veículos particulares, e após isso outras vítimas surgiram, principalmente em garagens especializadas em venda e compra de veículos. Diante disso, pedimos ampla divulgação para a população visando coibir a prática dos criminosos e prevenir futuros crimes do tipo.

As situações ocorreram basicamente da seguinte forma:

  • Um cidadão comum (vítima) coloca um carro a venda de forma verdadeira em sites na internet, e aparece um comprador (em alguns casos, o criminoso utilizou o nome falso de “Hendryo”), informando que gostaria de comprar o veículo.
  • É feito o acordo de compra e o comprador (criminoso) efetua o pagamento em forma de Depósito em Cheque, mandando o comprovante para o vendedor.
  • Entretanto, nessa forma de pagamento, o valor só cai realmente na conta do vendedor após 24h, e antes disso ele é cancelado pelo criminoso, o qual já pegou o veículo e informou que vai realizar a transferência do carro nos dias subsequentes.
  • Após isso, o criminoso vai até garagens de compra e venda de carros e oferece o mesmo veículo comprado de forma irregular, por um preço bem abaixo do tabelado, e mais algumas vítimas são feitas.
  • Para mostrar o carro aos novos compradores, o criminoso informa precisar de um valor de entrada (2 mil, 5 mil reais, por exemplo), e quando esse valor é pago a vítima cai no golpe e o criminoso não aparece mais.

Desse modo, orientamos a população que tenha cautela nos procedimentos tomados na compra/venda de veículos, sempre tomando medidas para evitar qualquer tipo de golpe. Cabe entrar em contato com a Polícia Militar ou Polícia Civil caso haja desconfiança em alguma situação.

Fonte – 25º BPM

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*