Seis brasileiros são presos por suspeita de envolvimento em chacina no Paraguai

A Polícia Nacional do Paraguai prendeu seis brasileiros acusados de envolvimento em uma chacina em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. 

As prisões aconteceram nesta segunda-feira (11). Todos foram levados para a sede da Polícia Nacional em Pedro Juan Caballero. As identidades ainda estão sendo confirmadas com apoio da polícia brasileira.

Na casa, os agentes do Departamento de Investigações da polícia paraguaia também apreenderam um Fiat Uno cinza, um Gol branco e um Palio prata, todos com placas brasileiras. Também foram encontradas três placas de outros veículos, celulares, joias e 74 gramas de maconha.

A chacina deixou como vítimas a douradense Kaline Reinoso de Oliveira, 22, Haylee Carolina Acevedo Yunis, 21, filha do governador de Amambay Ronald Acevedo, a mato-grossense Rhamye Jamilly Borges de Oliveira, 18, e Osmar Vicente Álvarez Grance, o “Bebeto”, que seria o alvo dos pistoleiros.

Um paraguaio de 18 anos e outra brasileira ficaram feridos. Segundo a polícia paraguaia, Pelo menos, 110 tiros de fuzis calibres 7,62 e 5,56 foram disparados pelos três pistoleiros que desceram de uma Toyota Hilux prata.

(Fonte: obemdito.com.br)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*