Mulheres são agredidas e ameaçadas por seus companheiros durante confraternização

Duas mulheres foram vítimas de violência doméstica na noite deste domingo (25), durante uma confraternização em uma residência localizada na Avenida Parigot de Souza, em Umuarama.

A vítima, de 48 anos, relatou à Polícia Militar que fora agredida por seu companheiro durante a refeição; ele estava embriagado e começou a agressão com tapas no rosto, braço, além de empurrá-la e xingá-la com adjetivos pejorativos.

A segunda vítima, de 33 anos, partiu para cima do agressor, em defesa da amiga, momento em que seu próprio companheiro começou a agredi-la com socos e empurrões, pois não concordou com a atitude de ajudar a amiga que estava sendo agredida.

As vítimas conseguiram fugir da casa pulando o portão que estava trancado e acionaram a Polícia Militar.

Na residência, os militares tentaram contato com os dois agressores, embriagados, porém, eles não acataram a ordem de abordagem, o que obrigou a equipe a forçar a entrada diante dos flagrantes de violência doméstica e desobediência, resultando na contenção dos dois agressores, após o uso moderado da força.

Com a denúncia de que havia uma arma de fogo na residência, os policiais revistaram a casa e encontraram uma espingarda calibre .36, sem número de identificação e uma munição intacta.

Diante das constatações, o agressor de 38 anos foi detido pelo crime de violência doméstica, desobediência, desacato e ameaça, já o agressor de 43 anos, foi detido pelo crime de violência doméstica, desobediência, resistência e porte ilegal de arma de fogo.

Eles foram encaminhados à 7ª Subdivisão Policial para os procedimentos cabíveis.

(Fonte – Umuarama News)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*