Atentado deixa policial militar morto com vários tiros e casal ferido

Um policial militar foi executado com mais de dez tiros na noite desta segunda-feira (14) na rotatória da rodovia Carlos João Strass com a Avenida Curitiba, no entorno do Lago Cabrinha, na Zona Norte de Londrina.
Segundo informações, o policial é Bruno Felipe Monteiro do Prado, de 32 anos. Ele estava seguindo com uma motocicleta no sentido Centro da Avenida Curitiba, e quando parou na rotatória, foi surpreendido por quatro ocupantes encapuzados em uma caminhonete Santa Fé branca.
Testemunhas disseram que ouviram rajadas de tiros. Em seguida os ocupantes fugiram sentido Conjunto José Belinati (Zona Norte) e não foram mais localizados.
Um casal que estava em um veículo Gol próximo do local do crime também foi atingido pelos disparos efetuados pelos criminosos. Eles deram entrada no Hospital Zona Norte e a princípio estão fora de risco.
CARRO ENCONTRADO EM CHAMAS

Minutos após o crime, enquanto a Polícia Militar ainda estava no local da execução, o Centro de Operações (Copom) recebeu a chamada informando que um carro estava em chamas na entrada para a invasão do Flores do Campo, também na Zona Norte. Ninguém foi localizado.
O carro é a Santa Fé usada no crime de execução do PM. A polícia ainda não sabe explicar o que motivou o assassinato do Soldado Prado. Ele era filho do também policial militar da reserva Marcelo Prado.
Dezenas de policiais fizeram cerco em vários bairros da Zona Norte na tentativa de localizar os assassinos do PM.

(Fonte – Portal Palotina)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*