Familiares procuram IML e reconhecem corpo encontrado em mata em Tuneiras do Oeste

Uma irmã de Bruno Henrique da Silva foi até o Instituto Médico Legal (IML) de Umuarama na manhã de domingo (5), quando identificou como sendo do rapaz, o corpo encontrado no início da noite de sábado (4), em uma propriedade rural na Estrada Lavoura, em Tuneiras do Oeste.

O corpo estava em adiantado estado de decomposição, mas foi possível perceber que Bruno foi baleado por pelo um disparo de arma de fogo, que atingiu o seu peito.   

Bruno Henrique, que era preso do regime semiaberto, com uso de tornozeleira, estava desaparecido desde o dia 24 de dezembro, quando saiu de sua casa, na Avenida Mário Marangoni, em Moreira Sales, e não foi mais visto. Suas roupas e documentos foram encontrados perto da ponte do Rio Goioerê.

Não se sabe se ele foi morto em Moreira Sales, onde foram encontrados seus documentos e roupas, ou em Tuneiras, onde foi localizado o seu corpo.  

DIFÍCIL ACESSO

O corpo de Bruno foi encontrado por populares, que comunicaram o fato para a Polícia Militar de Moreira Sales, que foi até o local e acionou a Policia Civil de Cruzeiro do Oeste. Equipes dos Bombeiros de Cianorte e do IML de Umuarama foram até o local para retirar o corpo, que estava em um local de difícil acesso. Apesar do adiantado estado de decomposição, possibilitava ver algumas tatuagens, compatíveis com as que Bruno tinha.

(Fonte – www.goionews.com.br)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*