Maníaco da Torre é julgado por mais um homicídio em Maringá

O Maníaco da Torre – Roneys Fon Firmino Gomes, de 44 anos, é julgado nesta quinta-feira, 5, em Maringá, por mais um assassinato. Desta vez, o homem condenado a 21 anos de prisão pela morte de Ednalva da Paz, será julgado pela morte de Silmara Aparecida de Melo, com 32 anos a época do crime. Ela era garota de programa e foi abordada por Gomes na avenida Brasil, no Centro, dia 9 de maio de 2012.

Depois disso, ela nunca mais foi vista com vida. O corpo foi localizado sete dias depois em uma estrada rural próximo a uma torre de transmissão de energia elétrica. O homem, segundo a acusação, a matou estrangulada. A primeira condenação de Ronneys Fon foi em março. Os advogados dele recorreram da sentença.

Ele ainda deverá ser julgado por outros cinco assassinatos de mulher. Todos com a mesma característica ocorridos entre anos de 2010 e 2015. O júri está programado para começar pela manhã.

(Fonte: Portalpingafogo.com.br)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*