Empresário é condenado por 7 crimes de abusos contra menores na região de Maringá

Um comerciante de Iguaraçu (32km de Maringá) foi condenado pela Justiça por abusar sexualmente de crianças e adolescentes por pelo menos sete vezes. O condenado é dono de uma pizzaria e um lava jato na cidade e a pena imposta é de 13 anos de prisão, em regime inicialmente fechado.

A condenação foi confirmada pela Vara Criminal da Comarca de Astorga. A denúncia contra o empresário foi feita pelo Ministério Público, após os pais descobrirem os abusos e informarem a Polícia.

“Minha filha tinha 13 anos na época. Depois do abuso ela abandonou a escola, tentou se matar e até hoje faz tratamento psicológico e tem medo de sair de casa sozinha” relatou o pai de uma das vítimas à Equipe Pinga Fogo.

Segundo esse pai, que terá sua identidade preservada, a família não conhecia o condenado, mas em 2016 ele foi candidato a vereador e passou a visitar o bairro onde a menina morava com a mãe.

A descoberta dos abusos aconteceu após a mãe atender uma ligação e se passar pela filha. Ao indagar a menor, a mesma confessou que estava sendo ameaçada pelo empresário e já tinha sido abusada por ele.

“Muitas pessoas me dizem para fazer justiça com as próprias mãos, porque ele está livre como se nada tivesse acontecido. Mas eu tenho fé e acredito na justiça de Deus. Eu acredito que ainda vou ver ele preso e pagando pelo que ele fez contra minha família” desabafou o pai.

O comerciante tem 45 anos e sua condenação foi com base no artigo 217 do código penal (Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos).

Nossa equipe procurou o Ministério Público e a defesa do condenado, mas não recebemos respostas até o final desta reportagem.

(Fonte: Portalpingafogo.com.br)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*