Policiais do 7º BPM realizam recaptura de indivíduo foragido da Delegacia de Cruzeiro do Oeste

Um detento que havia foragido da Delegacia de Polícia de Cruzeiro do Oeste nessa segunda-feira (30), acabou sendo recapturado horas depois em uma propriedade rural. O foragido foi encontrado dentro da cabine de um caminhão, por volta das 05h, dessa terça-feira (1º).

Na noite dessa segunda-feira por volta das 21h20, após ser preso em Tuneiras do Oeste, como suspeito de tráfico de drogas, a Central de Operações do 7º Batalhão de Polícia Militar recebeu uma ligação do investigador de plantão da Delegacia de Polícia Civil de Cruzeiro do Oeste informando que um preso havia se evadido do referido estabelecimento.

A equipe de Radio Patrulha e o investigador iniciaram a varredura no local e, posteriormente, o patrulhamento com o intuito de localizar o evadido, porém, sem êxito.
Já por volta das 00h00, a equipe recebeu uma informação de que havia um individuo de estatura mediana em atitude suspeita as margens da PR-323 e que este, havia adentrado em um caminhão na área rural. Diante do relato, a equipe prontamente realizou diligências no local, não sendo localizado nenhum individuo com as características repassadas.
Mais tarde, por volta das 05h00, a Central de Operações do 7º BPM recebeu uma nova ligação informando que o mesmo individuo de algumas horas atrás havia retornado à área rural. De pronto, a equipe deslocou ao local indicado e logrou êxito na localização do indivíduo que encontrava-se dentro da cabine de um caminhão.

Mais tarde, por volta das 05h00, a Central de Operações do 7º BPM recebeu uma nova ligação informando que o mesmo individuo de algumas horas atrás havia retornado à área rural. De pronto, a equipe deslocou ao local indicado e logrou êxito na localização do indivíduo que encontrava-se dentro da cabine de um caminhão.

Após abordagem, constatou-se que o rapaz, de 20 anos, havia se evadido da 17ª DRP de Cruzeiro do Oeste na noite anterior, sendo então encaminhado para o mesmo local para as providências cabíveis.

(Fonte – 7º BPM)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*