Por vingança homem incendiou casa de desafeto

O caso foi registrado na noite de ontem, segunda-feira (5), na Rua Rondônia, em uma casa do conjunto Andorinhas. Policiais militares de Engenheiro Beltrão foram avisados do incêndio e deslocaram ao local para verificar. 

Os policiais constataram que na casa que estava em chamas não haviam moradores naquele momento e com a ajuda de vizinhos, com baldes e água fornecida pelos moradores da região, passaram a apagar o que havia sobrado do incêndio, para evitar que fagulhas se alastrassem para outros imóveis. Logo em seguida um caminhão pipa da prefeitura e o Corpo de Bombeiros de Campo Mourão chegaram e ajudaram a finalizar o incêndio. 

Os militares de Engenheiro Beltrão, com apoio da equipe da PM de Quinta do Sol, descobriram que o incêndio havia sido criminoso, já que Davi Rosa, proprietário da casa incendiada, teria agredido um dia antes outro indivíduo conhecido por “nenê” e esse teria sido o motivo do ataque a residência. O acusado do crime, conhecido por “Val”, foi identificado como sendo irmão do rapaz agredido no domingo, sendo que em represália a Davi foi até a casa e colocou fogo. Testemunhas ainda teriam dito que o acusado, “Val”, teria saído da casa logo após colocar fogo e gritava, “tentou matar meu irmão, ponho fogo mesmo”. 

A PM conseguiu localizar o acusado no mesmo bairro e ele confessou o crime, dizendo ainda que foi por vingança, já que Davi havia agredido seu irmão. Disse ainda que comprou dois litros de álcool em um posto de combustíveis da cidade e ateou fogo na casa. 

O acusado foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde ficou preso à disposição da justiça.

(Fonte: Colunadoratonoticias.com)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*