Em ataque de fúria, homem destrói carro e casa de ex-namorada; cena do crime confundiu vizinhos

Uma cena de crime chamou atenção e até confundiu moradores do Jardim Olímpico, em Maringá, na tarde desta segunda-feira (11). Um carro foi encontrado na Rua Pelicano com os vidros abertos, o para-brisas perfurado e com um pano sujo de sangue em cima do banco do motorista. 

Rapidamente, os moradores acionaram a Polícia Militar (PM), imaginando que a dona do veículo teria sido baleada e o corpo removido. Ao chegar no local, os policiais constataram que a suposta vítima estava viva e o carro tinha sido alvo de um objeto jogado pelo ex-namorado da mulher, após uma discussão – e que nenhum disparo de arma de fogo foi feito. 

As informações do suposto assassinato foram desmentidas pela polícia e pela vítima – que apesar do susto, passa bem. Esta é a segunda vez que o carro dela é destruído pelo ex-namorado, que de acordo com a irmã da proprietária, é muito agressivo. “A casa dela está toda destruída também. Ele arrebenta com tudo”, conta.

Os agentes ainda reforçaram a importância de acionar a PM em casos como este, e do cuidado com informações falsas a respeito de crimes. A dona do veículo não foi ferida. O pano sujo de sangue, encontrado dentro do carro, teria sido usado pelo cunhado da mulher, que teria se machucado.

Colaboração Índio Maringá

(Fonte: Massanews.com)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*