Polícia Civil identifica suspeitos de homicídio com enxada

Enxada usada no crime foi apreendida pela Polícia Civil – Foto: Rafael Silvestrin/Tasabendo.com

Duas pessoas usuárias de drogas foram identificadas pela Polícia Civil de Campo Mourão como supostos autores do assassinato de Parecelso Teodoro Nogueira, 38 anos, ocorrido na quinta-feira da semana passada no Jardim Pio XII.

A vítima foi morta com golpes de enxada, no interior da casa em que morava com seu pai, na Rua Urutau. O delegado João Paulo Menuzzo Lauandos, que está à frente das investigações, disse que tanto os autores do crime quanto a vítima eram usuários de crack.

“O crime foi motivado por drogas. Pelo que foi apurado, a vítima mantinha uma certa quantia de crack em casa e os autores do crime, querendo se apossar da droga, cometeram o crime. Há também uma linha de investigação que aponta para motivo passional, mas isso ainda será melhor investigado”, declarou o delegado.

A enxada usada no crime foi apreendida e será usada para a identificação de impressão digital deixada no cabo da ferramenta. “Já ouvimos algumas testemunhas e em breve teremos resultados positivos para poder identificar quem realmente cometeu esse homicídio”, completa.

(Fonte: www.tasabendo.com / Clodoaldo Bonete)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*