Foragido de confronto em Iporã morre em Palotina em novo confronto com a Polícia Militar

O quarto elemento da quadrilha de assaltantes que se envolveu em um confronto com a Polícia Militar na Vila Operária, Iporã na tarde desta segunda-feira (16), morreu em novo confronto com a policiais militares na cidade de Palotina por volta das 21h.

Tariken Henrique Ferreira Martins entrou em óbito nos fundos de uma residência onde estava escondido e recebeu os policiais a tiros.

O SAMU chegou a ser acionada, mas o criminoso já estava em óbito.

O corpo foi encaminhado ao IML de Toledo.

O primeiro confronto

Uma quadrilha de assaltantes trocou tiros com policiais militares do 25º batalhão na tarde desta segunda feira no conjunto vila operária em Iporã.

Uma equipe do serviço reservado estava na cidade em posse de informações de que a quadrilha iria realizar um roubo de uma caminhonete no município.

No início da tarde, os policiais conseguiram localizar os suspeitos, eles estavam em um veículo GM/Vectra, e após um acompanhamento tático dentro da cidade a equipe policial foi recebida á tiros.

Durante o confronto um adolescente, 16 anos, que fazia parte da quadrilha, foi atingido e entrou em óbito.

Anderson Cunha foi alvejado e socorrido para o Hospital Municipal de Iporã, mas posteriormente foi transferido para o hospital Norospar em Umuarama, devido a gravidade dos ferimentos. Ele segue internado na UTI, em estado grave.

Vagner Felipe da Silva Rossi de 24 anos, foi ferido de raspão durante o confronto, ele foi socorrido e após atendimento médico foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Iporã, onde permanece preso.

Vagner, possui passagens pela polícia por receptação e roubo, atualmente estava sendo procurado pela justiça, pois a cerca de três meses ele fugiu da cadeia de Palotina, onde foi preso por porte ilegal de arma de fogo.

Um quarto integrante da quadrilha conseguiu se evadir adentrando em meio a uma mata próximo ao local do confronto.

A mata fechada e de difícil acesso está cercada por diversas equipes da Polícia Militar, que estão em diligências afim de localizar o foragido.

Uma equipe do CANIL realizou buscas com os cães farejadores em meio a mata, mas até o fechamento desta matéria, o criminoso não foi localizado.

Um policial militar do serviço reservado, foi baleado na mão. De acordo com informações colhidas no local, ele foi socorrido e não corre riscos.

(Fonte: Umuaramanews.com.br)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*