Padrasto é preso por espancar e causar a morte de enteada de três anos que fez xixi na roupa

Foto: Reprodução Facebook

O cabeleireiro Cristhopher Anthony Tavares Coelho, de 27 anos, foi preso por espancar a enteada de 3 anos e 9 meses e causar lesões gravíssimas, que causaram a morte da criança. O caso ocorreu na tarde desta quinta-feira na cidade de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais. A mãe de Ana Lívia, Letícia Lopes Fonseca, que completa 19 anos nesta sexta-feira, também foi presa por policiais dio do 29º (BPM). A mulher disse aos policiais que Chris bateu na menina porque ela teria feito xixi nas calças.

Segundo o 29º BPM, médicos da Santa Casa de Poços de Caldas acionaram os policiais por volta das 18h30 de quinta-feira depois que a menina deu entrada na unidade com sinais de espancamento. Imediatamente, os policiais militares seguiram para a residência do casal. Os dois foram presos e levados para a delegacia.

Enquanto isso, Ana Lívia permanecia internada em estado grave na Santa Casa com politraumatismo. A criança tinha sido levada por uma tia para o Hospital Margarita Morralles com sinais de convulsão. O quadro de saúde agravou-se e ela foi transferida para a Santa Casa, onde morreu durante a madrugada desta sexta-feira. O corpo já foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML).

Segundo a Polícia Militar, o cabeleireiro tem outras passagens pela polícia por agressão. Uma delas, ocorrida em janeiro deste ano, contra o pai de Ana Lívia.

(Fonte: Extra via www.umuaramanews.com.br)

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*