Prazo para adequar táxis com a cor branca termina dia 15 de maio

Concessão de tempo para padronização foi de quatro anos. Descumprimento à lei gera multa e cassação do alvará

Em Cianorte, os proprietários de táxi devem estar atentos ao prazo para a padronização dos veículos na cor branca, que termina na próxima quinta-feira (15). A mudança, que pode ser realizada por meio da pintura ou substituição do automóvel, bem como o limite de tempo para a execução, está prevista nas Leis Municipais Nº 4.126/2013 e Nº 4.307/14, que regulamentam a identidade visual da frota e a prestação do serviço na Capital do Vestuário. Atualmente, o município conta com 40 carros cadastrados e licenciados para o exercício da atividade, dos quais sete ainda precisam ser adequados.

Além disso, entre os táxis que têm a necessidade de alteração da cor, três estão em desacordo com a data de fabricação, que deve ser inferior a dez anos. “Todos os requisitos foram criados com embasamento técnico e nas experiências exitosas de outros municípios, para qualificar a prestação dos serviços, fortalecer a classe e beneficiar os usuários, que merecem contar com um trabalho realizado com profissionalismo. Cianorte é uma cidade em expansão e já passou da hora de regulamentar a atividade”, destaca o prefeito Bongiorno, lembrando que, no total, o período concedido para adequação às leis foi de quatro anos.

“Durante esse período, fizemos diversos comunicados e visitas técnicas, alertando sobre os procedimentos, que tiveram início já em 2014, com a identificação visual promovida e custeada pela Prefeitura, a reforma de pontos e a normatização de condutores”, conta a diretora de Trânsito da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Jennifer Cadan Kühl. Caso as exigências não sejam atendidas, após o prazo, os taxistas irregulares ficam sujeitos à multa e à cassação do alvará, o que leva à perda do direito de atuação no município.

Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*